Liubliana: a sua próxima cidade preferida na Europa

De acordo com uma das lendas sobre a capital da sLOVEnia, Liubliana (ou Ljubljana em esloveno) significa “amada”. Se o mito tem respaldo histórico ou não, eu não sei. Mas não conseguiria encontrar um nome melhor para essa cidade apaixonante.

Liubliana é um lugar de misturas. O país é novo (só conquistou a independência em 1991), mas a capital reflete a influência do império austro-húngaro e da antiga Iugoslávia, dos quais já fez parte, e das duas guerras mundiais que assolaram suas terras. As fachadas e detalhes arquitetônicos romanos, renascentistas, barrocos e art nouveau contrastam com os mais de 50 mil estudantes, que trouxeram a arte de rua e sua vibe característica. A catedral e as pontes são super antigas, mas abraçam centenas de restaurantes descolados que ficam lotados à noitinha. Além disso, a cidade abriga vários teatros, galerias, museus e uma das orquestras filarmônicas mais antigas do mundo, e ainda assim, promove um festival de música durante o verão que oferece hits pop, eletrônicos e até MPB!

Nesses arcos funciona o Mercado Municipal da cidade

Nesses arcos funciona o Mercado Municipal da cidade

O contraste do novo e do antigo em Liubliana

O contraste do novo e do antigo em Liubliana

O centro histórico de Liubliana e a igreja rosa, de onde sai o Free Walking Tour

O centro histórico de Liubliana e a igreja rosa, de onde sai o Free Walking Tour

Um jeito legal de ficar por dentro dessa mistura toda é fazendo o Free Walking Tour, que sai todos os dias da frente da igreja central (ela é pink, não tem como errar) às 11h e às 15h. Por alguns trocados no final do passeio, um guia passará mais ou menos duas horas e meia explicando sobre a arquitetura e história locais, além de dar dicas valiosas e atuais sobre o que fazer por lá. Foi no FWT, aliás, que eu fiquei sabendo um pouco mais sobre o Metelkova, um bairro estudantil bem diferente.

Aprendendo sobre os vários estilos arquitetônicos de Liubliana.

Aprendendo sobre os vários estilos arquitetônicos de Liubliana.

O dragão Ljubljana é o símbolo da cidade e está everywhere. O mito diz que Jason, um herói mitológico grego, matou o dragão e fundou a cidade.

O dragão é o símbolo da cidade e está everywhere. O mito diz que Jason, um herói mitológico grego, matou o dragão e fundou a cidade.

porta-catedral-liubliana

A Catedral de Liubliana tem várias portas em alto-revelo maravilhosas!

Na verdade Metelkova não é bem um bairro, mas uma região autônoma dentro da cidade. Sua história é bem curiosa. Em setembro de 1993, estudantes tomaram o antigo quartel militar do exército iugoslavo, que estava prestes a ser demolido. Mais ou menos 200 pessoas ocuparam a região e estabeleceram um calendário intenso de atividades artísticas para evitar que parte da herança histórica eslovena fosse destruída. Hoje, o “bairro” foi tomado pela arte de rua em suas várias formas, com grafites coloridos, instalações peculiares e vários eventos de música. Metelkova tem inclusive um hostel bem famoso, construído na antiga prisão militar. Cada quarto do Hostel Celica foi desenhado por um artista internacional diferente e o basement virou um museu! Vale a visita, né? Para chegar até lá, é só pegar um mapa e ir andando. Ah, e não se assuste, apesar da aparência um pouco bizarra, o lugar é bem seguro.

Instalação no teto de uma das casas de Metelkova

Instalação no teto de uma das casas de Metelkova

Em Metelkova as fachadas são coloridas e loucas.

Em Metelkova as fachadas são coloridas e loucas.

Espermatozoides ravoisos? Vai entender...

Espermatozoides ravoisos? Vai entender…

Painel com estátuas, azulejo quebrado etc em Metelkova

Painel com estátuas, azulejo quebrado etc em Metelkova

O que mais tem para fazer em Liubliana? Muito mais coisa do que eu consegui em meus dois dias pela capital. Rs. A cidade possui mais de 12 museus, um castelo medieval no topo de uma colina, passeios de barco pelos canais da cidade, um lindo parque – o Tivoli Park – onde os locais fazem picnic ou saem para uma corrida, um tour de stand up paddle pelos canais fluviais do centro histórico e vários eventos culturais (cheque a programação aqui).

O castelo de Liubliana é uma graça e tem uma vista linda.

O castelo de Liubliana é uma graça e tem uma vista linda.

Opções para conhecer os canais de Liubliana: de barco ou de stand up!

Opções para conhecer os canais de Liubliana: de barco ou de stand up!

Liubliana é puro charme!

Liubliana é puro charme!

Festival de música de Liubliana: de bandas clássica, até DJ de música eletrônica vestido de índio.

Festival de música de Liubliana: de bandas clássicas, até DJ de música eletrônica vestido de índio.

A gastronomia eslovena também é um evento por si só. Além das centenas de restaurantes e cafés espalhados pela cidade, há um food market com tendinhas de comidas preparadas por mais de 50 chefs toda sexta-feira das 8h às 22h, tours gastronômicos e de cerveja artesanal e aulas culinárias de pratos típicos. A vida gourmet é levada tão a sério, que o governo até preparou um guia gratuito (baixe aqui) com uma lista oficial dos pratos típicos, receitas eslovenas e até sugestões de restaurantes onde é possível experimentar cada sabor mencionado.

Come-se bastante porco em Liubliana. Esse sanduíche é o Kranjska klobasa, feito com pão preto especial, repolho, mostarda e linguiça carniolan.

Come-se bastante porco em Liubliana. Esse sanduíche é o Kranjska klobasa, feito com pão preto especial, repolho, mostarda e linguiça carniolan.

Além dessa lista toda acima, para dificultar ainda mais sua decisão sobre onde comer em Liubliana, eu também visitei esses outros estabelecimentos, que amei!

Bistrô Güjzina: Eu e a Ju, minha companheira de viagem, decidimos jantar no Güjzina bem por acaso. Havíamos passado na frente do restaurante algumas vezes e ficamos encantadas com as mesinhas charmosas na rua de pedestre do centro da cidade. Oferecendo uma cozinha tradicional, o ambiente é super aconchegante, o serviço é excelente e a comida, uma delícia! Eu pedi um porco com molho de ameixas e purê de batata assado que estava divino (12 euros).

Ambientes externo e interno do charmoso Restaurante Güjzina em Liubliana

Ambientes externo e interno do charmoso Restaurante Güjzina em Liubliana

Meu delicioso porco com ameixas.

Meu delicioso porco com ameixas.

Restaurante Druga Violina (“O Segundo Violino”): Esse restaurante é gerenciado pelo Draga Center, uma organização que ajuda pessoas com doenças mentais e outras deficiências. Muitos dos garçons e funcionários são pacientes ou voluntários que ajudam nos centros de recuperação. Além de provar pratos típicos por um bom preço, parte do lucro da casa volta para o Draga (comi uma caçarola eslava com sobremesa por 8,50 euros). Legal, né?

Sorvetes Vigò: Sorvetes cremosos e saborosos, com opção de casquinha banhada no chocolate! E o melhor, baratos! Paguei 1,50 euros por uma bola.

Sorvete Vigò = Yummm

Sorvete Vigò = Yummm

Café Cacao: Café com várias tortas (pedaço farto por 4,10 euros), ótimo sorvete (votado um dos melhores da cidade) e free wifi do lado do rio. Um bom lugar para comer uma sobremesa e ficar de bobeira.

Torta de chocolate divina do Cacao.

Torta de chocolate divina do Cacao.

Acho que deu para entender porque todo mundo que visita a capital da Eslovênia fica apaixonado pelo lugar, né? Quer uma razão extra? Dá para fazer bate-e-volta para outros lugares fantásticos no país, como os incríveis lagos Bled e Bohnij, o Castelo Predjama e até para Vintgar Gorge. Mas isso eu conto em um próximo post. 😉

 

OUTRAS INFORMAÇÕES

Hospedagem em Liubliana: Nós ficamos no Tresor Hostel, que fica no coração do centro histórico, com ótimo wifi e atendimento, ar condicionado nos quartos e bom café da manhã (cereal, frios, leite, suco, café/chá e alguns pães). Há dormitórios e quartos privados por ótimo preço. Considerado um dos hostels mais incomuns do mundo, o lugar já foi um banco (o restaurante era o cofre!). A decoração aproveitou a temática do extinto banco, com frases sobre dinheiro nas paredes e moedas antigas de vários países nos quartos.

Como ir do aeroporto ao centro: A melhor maneira é pegando uma van que oferece esse serviço do lado de fora do aeroporto. O aeroporto é tão pequenino, que não tem erro. De lá à porta do seu hotel no centro custa somente 9 euros. Há também a opção de ir até Bled por 13 euros.

comments2

Anúncios

8 comentários em “Liubliana: a sua próxima cidade preferida na Europa

  1. Que interessante a Metelkova, amei esse colorido dela e a história envolvida e nem preciso falar que o post me deu fome rss.

    • É Deisy, a Eslovênia é demais! Liubliana é uma delícia de cidade! E tudo tão seguro e tranquilo… Vontade de mudar pra lá! heheh

  2. Pingback: Uma semana na Eslovênia: a jóia pouco conhecida da Europa | Giros Por Aí

  3. Mais uma descoberta impressionante. A conquista de metelkova e a maneira como foi ocupada dá visibilidade a uma cidade esquecida dos roteiros turísticos habituais. Me deu vontade de ir lá.

  4. Pingback: Viagens bate-e-volta a partir da capital da Eslovênia: lagos Bled e Bohinj, Vintgar Gorge e Castelo Predjama | Giros Por Aí

  5. Olá! Suas dicas são um tesouro! Vc foi a Bled? E ao Castelo de Predjama? Se sim, como fez para chegar nesses lugares? Gratíssimo. Bjs!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: