As melhores vinícolas chilenas para visitar a partir de Santiago!

Dando continuidade às dicas de vinícolas chilenas que valem ser visitadas, falarei sobre propriedades em duas regiões diferentes: as do Vale do Casablanca, que começa a 70km a oeste de Santiago e vai até o Oceano Pacífico, e as do Vale de San Antonio, área imediatamente ao sul de Casablanca. Dada à proximidade, pode-se dizer que os vale são um só, mas com nomes diferentes.

Além de ser um lugar extremamente bonito com uma mescla de montanhas e áreas verdes, o vale fica no caminho das duas cidades litorâneas famosas, Valparaíso e Viña del Mar. Logo, visitar Casablanca é bem conveniente, já que a grande maioria dos viajantes deseja ir ao litoral para conhecer essas cidades ícones.

A viagem para lá, apesar de curta, é bem impressionante. Ao sair de Santiago pela Ruta 68 é impossível não reparar como a região é extremamente árida e desértica. Porém, bastam alguns quilômetros até o primeiro túnel – que passa por baixo da Pré Cordilheira dos Andes – para a geografia mudar completamente, com o surgimento de plantas e outros traços de vida selvagem. Mas é no segundo túnel que a mágica acontece. Atravessá-lo é como experimentar passar por um portal! As características desérticas desaparecem e você fica diante de uma natureza rica e exuberante! Ali você tem certeza absoluta que o Casablanca começou!

A cadeia montanhosa pelo qual o segundo túnel passa segura a umidade trazida do Oceano Pacífico, concentrando-a no vale, o que contribui para o bom desenvolvimento das uvas da região. Agora, chega de saudosismo e vamos falar logo das vinícolas que estão nessa região maravilhoso do Chile!

Casa del Bosque

A Casa del Bosque destaca-se pelos excelentes vinhos brancos, típicos do Casablanca! Eles oferecem cinco tours distintos para você conhecer as instalações e degustar vinhos (incluindo a opção de contratar uma visita privada), além da oportunidade de fazer passeios diferentes pela propriedade, como na Bike Experience ou no Picnic Experience (os nomes já explicam as atividades). E eles ainda oferecem um ótimo restaurante para completar o menu de opções! Infelizmente ainda não conheço a vinícola, mas está na lista para a próxima viagem!

Mais informações aqui.

picnic-casas-bosque

Emiliana

A sede da Emiliana fica na região de Nancagua, a 2 horas e meia de carro de Santiago. No entanto, a empresa também possui vinhedos no Vale do Casablanca que estão abertos à visitação. As instalações no vale são relativamente simples, porém completas suficientes para um rápido tour pelos vinhedos, seguido de uma degustação em uma bela mesa ao ar livre. Ainda existe uma loja e um wine bar para quem estiver a fim de continuar explorando seus produtos. Lembrando ainda que seus vinhedos são orgânicos, oferecendo um atrativo a mais para a visita.

É muito fácil chegar ao vinhedo da Emiliana saindo de Santiago, então não perca a chance de visitá-la. Só não esqueça da costumeira reserva antecipada para não perder a viagem!

Mais informações aqui.

Degustação na Vinícola Emiliana. Foto: arquivo pessoal Bruno

Degustação na Vinícola Emiliana. Foto: arquivo pessoal Bruno

Matetic

Confesso que não curto tanto os vinhos da Matetic (para que fique claro, são bons vinhos, mas prefiro experimentar rótulos novos a comprá-los novamente), mas visitá-los é uma experiência muito interessante. Primeiro por a vinícola ser orgânica e biodinâmica, ou seja, é uma excelente oportunidade para entender como os produtores utilizam os movimentos da natureza (como fases da lua, estações do ano etc) para cultivar seus vinhos. Sem contar que eles estão localizados em uma região maravilhosa, o Vale de San Antonio.

O percurso até lá é um pouco longo, são necessárias várias trocas de estrada, além de um trecho de mais ou menos 10km por estrada de terra (bom ficar atento ao mapa disponibilizado no site), mas é possível chegar em até uma hora e meia de viagem.

Além dos dois wine tours disponíveis (a única diferença entre eles é qualidade dos vinhos degustada no final), você também pode optar por atividades ao ar livre como trekking, passeios de bicicleta ou a cavalo e até um tour de van pela propriedade. Para aproveitar mais a viagem, marque o tour para a parte da manhã e reserve uma mesa no restaurante em seguida (é muito difícil conseguir uma mesa sem reserva). Mas não espere muito – a comida é boa, porém cara. E não esqueça: reserve o tour antes de ir!

Mais informações aqui.

recepcao-casa-matetic

Casa Marin

Como disse no post sobre os melhores vinhos brancos chilenos, os vinhos da Casa Marin são excelentes! Assim, com certeza farei uma visita a esta vinícola em uma próxima viagem! Localizada no Vale de San Antonio, a vinícola oferece o pacote completo: tours, restaurante, hotel e wine store! Reserve bastante tempo para aproveitar bem a Casa Marin!

A gama de tours deles é excelente: pode-se fazer desde uma simples degustação até passar o dia trabalhando no processo produtivo (essa opção está disponível apenas na época da colheita). Outro grande benefício é poder comprar com facilidade seus disputados rótulos, atividade que pode ser difícil em Santiago. Como a Casa Marin possui uma produção relativamente pequena (é considerada uma vinícola boutique), os estoques se esgotam rapidamente e nem sempre você encontra o portfólio completo à venda na capital.

De novo, tem que fazer reserva antes de ir, principalmente para as atividades mais exclusivas! A Casa Marin é imperdível! Mais informações aqui.

visita-casa-marin

casas-del-bosque

Bonus round! Dica para quem for ao Vale do San Antonio!

Vou me aventurar um pouco no território da Leticia e dar uma dica de turismo sobre esta região do Chile!

No Chile há três casas do famoso poeta Pablo Neruda abertas para visitação! Segundo os próprios chilenos, a mais legal fica em Isla Negra (que na verdade não é uma ilha, mas sim uma praia), localizada nas proximidades do San Antonio. Realmente a casa é muito bonita, e a praia mais ainda! Então aproveite a visita às vinícolas e estique o passeio até lá, pois dificilmente você vai sair de Santiago e ir até Isla Negra só para ver esta casa (a não ser, é claro, que você seja um apaixonado por Neruda). 😉

Visitando a casa de Neruda! Olha a paisagem!

Visitando a casa de Neruda! Olha a paisagem!

enoturismo-bruno

comments2

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: