3 vinícolas para visitar perto de Santiago no Chile

Bem vindos a 2015!

Depois de uma breve pausa, volto para finalizar a série de vinhos chilenos! Nesse post vou explorar 3 das melhores vinícolas para visitar no Chile!

Comecei a escrever o texto e percebi que ele ficou longo demais para um post só, então vou dividi-lo em dois grupos: vinícolas nos arredores de Santiago e as do Vale do Casablanca, que exigem maiores deslocamentos. Vamos ao primeiro grupo!

Concha y Toro

Seja você um amador ou expert em vinhos, a Concha y Toro merece ser visitada sem dúvida alguma! Além de ser muito próxima do centro da cidade (é possível chegar de metrô + ônibus), ela oferece uma excelente estrutura com restaurante, wine bar e uma excelente loja com seu portfólio completo. Essa é a maior produtora do Chile!

Existem dois tours, o Tradicional (aprox.US$ 18) e o Marques de Casa Concha (aprox. US$ 38). Ambos duram cerca de uma hora, a diferença entre os dois é a qualidade e quantidade de vinhos a serem degustados no final da visitação. Ah! Em ambos você ganha uma taça da vinícola para levar para casa.

Para os amadores é uma ótima experiência. Se você desejar conhecer apenas uma vinícola, vá à Concha y Toro. Para os experts, vale visitar a loja para encontrar os produtos mais top e, se você der sorte, algumas safras antigas do Don Melchor.

Observação importante: reserve com antecedência através do site da Concha y Toro! É muito fácil reservar o passeio e chegar à vinícola por conta, então fuja de táxis e agências que oferecem pacotes caros só para te levar lá. Mais informações aqui.

Visita à vinícola Concha y Toro.

Visita à vinícola Concha y Toro. Foto: site Concha y Toro

Cousiño Macul

Assim como a Concha y Toro, a Cousiño Macul é considerada uma vinícola de grande porte. Porém, os tours oferecidos são relativamente mais simples, com menos atrações. A vantagem é que, como ela atrai menos visitantes do que a Concha y Toro, você pode dar a sorte de visitá-la com bem menos gente, desfrutando de um tour mais intimista!

Os passeios também giram em torno de uma hora e custam em média US$ 18. A produtora fica perto do centro e é possível acessar via transporte público. Mais informações aqui (veja a seção “Visitenos”).

visita-cousino-macul

Passeando pela vinícola Cousiño Macul. (foto: site Cousiño Macul)

Almaviva

Visitar a Almaviva foi uma das experiências mais marcantes que tive no Chile. Não pelo excelente vinho (contei aqui que acho caro pelo o que entrega), mas pelo atendimento oferecido. Do começo ao fim, o staff se preocupa em tirar todas as dúvidas e explicar todo o processo nos mínimos detalhes! A vinícola está localizada a menos de 30 minutos de carro do centro de Santiago, mas só aceita visitas com hora marcada!

Diferente de todas as outras vinícolas pesquisadas em minha viagem, a Almaviva é a única que faz apenas visitas privadas. Mas não se preocupe, não importa a quantidade de pessoas em seu grupo, sempre haverá um horário para você. No meu caso, fomos apenas eu e meu pai em um horário bem inusitado para tomar vinho: às 09:30 da manhã. Fomos recebidos pela pessoa responsável já no estacionamento e o tour teve início ali mesmo! De lá, nos dirigimos aos vinhedos.

A visita passa por cada etapa da produção do vinho: plantação, colheita, processamento, fermentação, amadurecimento em barricas e envase. Essa experiência é rara no Chile, já que muitas fases produtivas são feitas em lugares distintos. Achei o tour ainda mais interessante por poder conhecer toda a cadeia de produção de um dos vinhos ícones do país!

Como esperado, o passeio termina com a degustação de uma taça de Almaviva. Mais uma vez, o atendimento superou as expectativas: o vinho já estava devidamente decantado e acompanhava uma ficha técnica com as informações sobre a safra degustada (no meu caso, a 2008). Além disso, a degustação foi devidamente interrompida para que o vinho pudesse “respirar” e para que o grupo tivesse a chance de descansar e avaliar se as percepções sobre a garrafa mudariam após 15 minutos.  Retomamos a degustação depois de um breve break para conhecer as instalações e constatamos que sim, o sabor do vinho muda bastante!

Mas a visita não é só maravilhas. Existem dois pontos negativos principais. Primeiro, o custo do tour: US$ 80 por pessoa! É muito caro! No meu caso valeu, pois passei a conhecer melhor o processo de produção e ainda tive a chance de sugar informações da guia por quase duas horas. Mas se você já conhece ou não tem tanto interesse na cadeia produtiva, pode acabar não compensando. O segundo ponto é o preço da garrafa, mesmo na vinícola ela custa absurdos 220 dólares! O vinho é bom, mas não vale isso.

Minha dica é, se você escolheu passar pela Almaviva, aproveite e compre o EPU, o segundo vinho produzido por lá. Esse sim é um bom negócio! O EPU utiliza a prensa das uvas já processadas para seu irmão mais famoso (leia-se o bagaço do Almaviva) e por isso acaba sendo vendido por U$ 50! É um excelente vinho, mas não se parece com o Almaviva, pois as uvas são usadas em concentrações e blends diferentes.

Então, vale ou não conhecer a Almaviva? Eu sempre recomendo a visita, mas sem deixar de lado as considerações acima, ok? Para mais informações, olhe esse link.

Degustação na Almaviva

Degustação na Almaviva (foto: arquivo pessoal Bruno Rodrigues)

Para mim, essas são as três vinícolas mais importantes nos arredores de Santiago. Quer conhecer outras vinícolas chilenas? No próximo post falarei dos produtores do Vale do Casablanca! Aguardem!

enoturismo-bruno

comments2

Anúncios

3 comentários em “3 vinícolas para visitar perto de Santiago no Chile

  1. Amei a matéria, pois relembrei quando estive com o meu marido no Chile em 2013 e fui visitar a vinicula concha y Toro ;Achei belíssima a casa e o nosso grupo foi muito divertido!Quero voltar p conhecer as outras viniculas q vc indicou!Grande abraço!Wane luna de Belém-Pa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: