Os cinco pratos mais estranhos que provei em minha volta ao mundo

Viajar é experimentar: culturas, lugares e, é claro, comida! Para realmente entender um país é essencial dizer sim aos pratos típicos que você encontrar em seus giros por aí, mesmo quando a comida te parecer um pouco estranha. E isso não acontece só lá fora. Afinal, você já viu a cara dos gringos quando alguém oferece coração de galinha durante o churrasco?

Aqui estão as cinco comidas mais exóticas que provei em minha viagem de volta ao mundo, quase todas foram experimentadas na Ásia, continente cheio de pratos excêntricos para o gosto ocidental.

1- Grilo Frito

Provei o petisco pela primeira vez na China, um grilo gigante em um espeto frito, e depois no Vietnã, uma espécie menor que foi frita e levava limão. A primeira tinha gosto de batata frita (juro!) e a segunda, de camarão. Para você ver que o que importa na fritura é o tempero!

Para quem vai para a China, um dos melhores lugares para experimentar insetos fritos é no mercado noturno da Rua Wangfujing, no centro de Pequim. Tem de tudo! De espetinho de camarão, a escorpião frito.

Olha a minha cara no vídeo!

Rua Wangfujing, no centro de Pequim - blog Giros Por Aí

Mercado da Rua Wangfujing, no centro de Pequim

Tendinha com grilos, escorpiões e vários insetos fritos! Blog Giros Por Aí

Tendinha com grilos, escorpiões e vários insetos fritos!

2- Sopa de Cobra

No nosso primeiro dia em Hong Kong, ficamos andando pela cidade até achar algum prato típico. Por sorte, acabamos em um restaurante de bairro famoso pelo preparo de um saboroso e tradicional prato local: a sopa de cobra. A iguaria, que leva carne de pelo menos duas cobras e é bem temperada, foi uma indicação de um morador que estava sentado em nossa mesa. Aparentemente, o prato só é servido no inverno, devido a suas propriedades térmicas. Os chineses acreditam que a carne de cobra aquece o corpo e evita resfriados, mas nós desconfiamos que o mérito é do caldo quentinho da sopa mesmo. O que achamos? Uma delícia!

blog Giros por Aí

Restaurante local vendendo sopa de cobra e outras delícias

Sopa de Cobra

Sopa de Cobra

3- Macarrão com Tendão de boi

Lotada de cassinos, Macau é uma cidade-estado minúscula, mas muito interessante para quem veio do Brasil. Vários prédios e monumentos antigos seguem a arquitetura portuguesa colonial, conservando inclusive os nomes em português. Apesar de não termos encontrado ninguém que falasse nossa língua por lá, pudemos saborear um pastel de Belém na Rua São Paulo, uma viela cheia de lojas de biscoitos e de carne seca (uma febre culinária em Macau) e pastelarias. Mas a familiaridade com a comida do Brasil acaba por aí. Fomos almoçar em um dos cassinos e pedimos noodle com “carne de boi”, como vinha escrito em inglês no cardápio. Mesmo estando em um hotel renomado, confiar nas traduções dos menus asiáticos pode ser complicado. Com fome, não tive dúvida, quando a comida chegou enchi a colher e coloquei na boca. Te digo que a consistência gelatinosa com leve gosto de carne do tendão de boi não foi nada agradável, ainda mais quando eu esperava aquele bifinho gostoso. Ok, valeu pela experiência.

Tendão de boi com noodles em Macau

Tendão de boi com noodles em Macau

4- Durian

O durian é considerado o “rei de todas as frutas” em todo sudeste asiático. Com mais ou menos 30 centímetros e uma casca espinhenta e dura, a fruta é na verdade conhecida pelo seu cheiro. Forte. Esquisito. Impossível de explicar, mas uma vez sentido, não será preciso. Todo mundo que já cheirou ou comeu um durian não esquece jamais! O odor é tão pungente que é proibido transportar ou comer a fruta na maioria dos lugares públicos, como metrôs e hotéis. Depois de provarmos, achamos que o cheiro estraga o sabor, que é até agradável (apesar da consistência meio gosmenta). Não tem jeito, no fim é durian de engolir!

Durian por fora, casca espinhenta

Durian por fora, casca espinhenta

Durian por dentro

Durian por dentro

Multas para quem levar durians no metrô

Multas para quem levar durians no metrô

5- Biltongs

Tínhamos ouvido falar muito bem dos tours de vinhos nos arredores da Cidade do Cabo, na África do Sul. Então, assim que chegamos, agendamos um passeio com um sommelier por Paarl, Stellenbosch e Durbanville – algumas das regiões viticultoras da região. A missão: provar seis vinhos em seis casas produtoras diferentes, parando somente para degustar queijos em uma fazenda e almoçar. Como se vê, um trabalho estrênuo. A parte mais marcante, no entanto, foi uma degustação de vinho harmonizada com biltongs, diferentes tipos de carnes de caça “exóticas” curadas. Era como comer carne seca de avestruz, cudo e de outros antílopes. Com certeza foi um prato interessante, mas provavelmente não um que eu queira repetir.

Carne de biltong

Carne de biltong

Harmonização com Biltongs - Cidade do Cabo (África do Sul)

Harmonização com Biltongs – Cidade do Cabo (África do Sul)

 

comments2

Anúncios

8 comentários em “Os cinco pratos mais estranhos que provei em minha volta ao mundo

  1. Amiga, eu não teria essa coragem… Posso dormir de cabeça pra baixo, mas comer grilo e tomar sopa de cobra acho que não ia dar pra mim. Kkkkkkk, saudades

  2. Você é realmente corajosa! Só de ler a descrição do passeio pelas “grutas” na Hungria já quase passei mal. E essa foto da sopa de cobra? Eu acho que não conseguiria! Tenho pavor de anfíbios e répteis :O

  3. Adoraria comer essas coisas :/
    Só comi o que chamamos aqui de “insá” e grilo, mas queria realmente era provar de tudo, desde polvo até larvas gigantes ;-;

    • Estou em Portugal e acabei de provar caracóis! E foi gostoso, viu? Eu amo polvo! Para mim, passa longe de ser comida estranha! Hehe

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: