Viajando pela Índia em um dos Trens Mais Luxuosos do Mundo

Uma das viagens mais marcantes que fiz em minha volta ao mundo, e que recomendo principalmente para casais, foi a bordo de um trem na Índia. Não, eu não enlouqueci. Esqueça aquela visão de vagões indianos velhos e superlotados que prometem desconforto em nível estratosférico. Nossa viagem pelo Rajastão, a antiga terra dos marajás, foi feita com o Palace on Wheels, eleito o quarto trem mais luxuoso do mundo em 2010, posto que achamos muito mais do que merecido. Durante muitos anos, os carros do Palace foram usados exclusivamente por príncipes e vice-reis da Índia, o que perdurou até a independência do país em 1947. Devido à rica arte nas paredes internas dos vagões, não foi possível incluí-los como trens regulares de passageiros. Assim, o Palace foi reformado (e continua a ser para manter o alto padrão), fazendo sua viagem inaugural de luxo em 26 de janeiro de 1982. Já a nossa viagem inaugural foi feita em fevereiro de 2012, como parte da RTW (viagem Round The World). Gostamos tanto da experiência, que a recomendamos inclusive para noivos que buscam destinos distantes e exóticos para a lua-de-mel!

Pode ser difícil imaginar pelas notícias que chegam do país, mas a região do Rajastão preenche todos os requisitos para casais aventureiros e românticos. Com vários palácios estonteantes e cotidiano vibrante, o estado ainda abriga rajás e marajás, que hoje compartilham sua história, tradições e casas suntuosas com visitantes que queiram conhecer seu legado (almoçar em alguns desses palacetes faz parte do itinerário).

Image

Nesse dia, almoçamos na casa de um marajá, com a presença do mesmo!

Image

Primeiro palecete em que almoçamos

Image

Guarda em uma das portas de um dos castelos

A viagem dura sete noites e, além de passar pela terra dos príncipes, inclui passeios marcantes como a subida até um castelo na garupa de um elefante, safáris na maior reserva de tigres da Índia, almoço em hotéis magníficos e uma visita guiada exclusiva ao maravilhoso Taj Mahal (leia-se: sem pegar filas), considerado uma das sete maravilhas do mundo moderno.

Image

Guico no safári fazendo amizade com os nativos da reserva

Image

Na garupa do elefante

Image

Taj Mahal. Repare a fila embaixo. Viu porque é bom ter entrada exclusiva?

 

Image

Agradecendo no Taj Mahal

O ponto de partida é em Nova Déli, onde os passageiros são recebidos com música e guirlandas na estação ferroviária (que fica a 45 minutos de táxi do aeroporto). Depois de conhecer seu mordomo (cada vagão conta com um assistente pessoal), os viajantes são acomodados em um dos 52 quartos decorados grandiosamente. Cada vagão tem quatro quartos, uma minicopa e uma sala para os passageiros relaxarem depois dos passeios. A comida oferecida nos dois restaurantes é deliciosa, englobando as cozinhas indianas, rajastani e continental (adoramos a comida indiana! Até hoje somos viciados em naan). O trem também conta com um atendimento impecável, SPA e até uma mini-academia. A ordem por lá é clara: mimar o passageiro. No final do dia, assim que chegávamos dos tours, nosso mordomo já nos aguardava com uma toalha quente e úmida para limparmos a mão, além de chá e biscoitos.

Image

Guico com a guirlanda e nosso ticket do Palace on Wheels

Image

Eu na escrivaninha do nosso quarto

Image

Parte do banheiro do nosso quarto

Image

Nosso quarto no trem

Como o deslocamento entre cidades é feito à noite, o percurso cobre uma grande área sem se tornar cansativo (veja o itinerário completo no final do texto). O ritmo dos passeios durante o dia também garante tempo de sobra para conhecer os palácios memoráveis do estado, desde o mágico Palácio do Lago em Udaipur, à beleza de Fatehpur Sikri, a cidade construída em 1585 exclusivamente com arenito vermelho. Todos os passeios são guiados e inclusos no ticket do trem, e asseguram uma entrada especial sem filas em quase todas as atrações. Complementando a experiência, os guias também organizam paradas em lojas tradicionais para aqueles que adoram umas comprinhas (acredite, vale trazer vários xales indianos, que são lindíssimos e baratos!).

Image

Palácio do Lago

Image

Fatehpur Sikri

Claro que uma viagem dessas não é barata. Em agosto de 2011, o investimento ficou em 7.850 dólares para o casal (50% pagos com cartão de crédito no ato da reserva, o restante desembolsado um mês antes da partida), valor com desconto por termos agendado com antecedência. Reservamos tudo com a agência Royal Indian Trains, que fez os transfers entre o aeroporto e a ferroviária gratuitamente, nos apresentou Nova Déli sem custo e ainda nos presenteou com xales belíssimos quando fomos embora! Para tentar economizar, você também pode comparar a tarifa da agência com um orçamento feito diretamente no site oficial do Palace on Wheels (repare que há outras linhas luxuosas no site, a diferença entre elas é o itinerário. A que fizemos foi a Royal Rajasthan.) Online também é possível ver todas as datas disponíveis para a saída do trem.

Image

Salão receptivo e um dos restaurantes do trem

 

Image

Cozinha do trem

Image

Segundo restaurante

Antes de partir, caso sobre tempo até a hora do voo para casa, recomendamos um tour por Nova Déli para conhecer a linda tumba de Humayan, visitar o Crafts Museum, ou garimpar as lojas de antiguidades e joias no mercado Nagar. É só combinar com a agência que fizer sua reserva no Palace on Wheels, como nós fizemos. Os indianos estão sempre prontos para te ajudar e tornar sua visita no país ainda mais especial. Mas isso não tem tanto a ver com o passeio luxuoso, e sim com a natureza do povo, que parece tratar cada estrangeiro como realeza.

Image

tumba de Humayan

 

Image

Jardim da Tumba

Image

Essa foto foi tirada no Taj Mahal. Uma senhora indiana me pediu para tirar foto com os filhos dela para dar boa sorte. Como eu disse, somos tratados como realeza

Image

Fiquei espantada com a quantidade de pessoas pedindo fotos comigo. Só porque sou estrangeira e branquinha!

OUTRAS INFORMAÇÕES – ITINERÁRIO ATUALIZADO EM 2014:

Image

Image

Image

 

 

comments2

Anúncios

10 comentários em “Viajando pela Índia em um dos Trens Mais Luxuosos do Mundo

  1. Pingback: Lista completa e avaliação dos albergues/hotéis da minha volta ao mundo | Giros Por Aí

  2. Meu sonho de consumo, ou direi vida???
    Tô economizando para um dia (se Deus e todos os anjos ajudarem) fazer esta viagem.

  3. Estamos interessados em fazer esse passeio e gostaria de maiores informaçoes:
    Os passeios guiados sao apenas em Ingles?
    Que vantagem vcs tiveram em comprar por uma agencia e nao diretamente pelo site do trem???
    Grata,
    Tina

    • Oi, Tina! Sim, os passeios guiados são apenas em inglês. Na época optamos por uma agência pois o preço sairia igual, porém com alguns extras inclusos (passeio em nova déhli, transporte do aeroporto à estação do trem etc). Se fizer a viagem, me conte depois como foi! Um abraço!

  4. Que blog sensacional! Já virei fã e estou amando as postagens que li sobre a ásia.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: