No frio da Suíça (Lucerna)

Eu devia começar esse texto escrevendo sobre a Suíça, já que é para lá que fui depois de Milão. Mas quero primeiro falar de amigos. Viajar sozinha tem sido uma ótima experiência para conhecer muita gente bacana e fazer o que quero no horário que der na telha. Só que a gente fica muito pensativa também, ou sou eu que penso demais, o que é bem possível. O fato é que eu cheguei em Lucerna com saudades dos meus amigos mas, como sempre, aberta para fazer novas amizades, a começar pelo casal de couchsurfers que me hospedaria na cidade.

Bom, foi aí que a vida me relembrou um aprendizado: não é só nossa vontade que faz uma amizade nascer, ou mesmo durar. O casal de suíços, embora muito educados, eram bem estranhos, dentro da minha concepção brasileira de hospitalidade, é claro. Eu cancelei o hostel e escolhi surfar com eles porque o cara tinha feito uma volta ao mundo de bicicleta… Parecia super interessante! Depois de um ano e meio só de bike e mochila, achei que escutaria ótimas histórias e levaria mais alguns aprendizados para a estrada. Neca de pitibiriba. Por mais que eu sorrisse, perguntasse, fizesse elogios, o papo não engatava. Na verdade a namorada do meu host mal abriu a boca e nunca sorria, apesar dos meus esforços.

Passei o dia pensando no que fazer, com muitas saudades dos meus amigos, da boa energia de uma simples conversa. Postei como estava me sentindo no facebook e, de repente, lá estavam eles de novo, mandando boas vibrações. Me senti recarregada (muuuuito obrigada, friends!) e saí para curtir o sol que tinha acabado de dar o ar da graça. Só aí comecei a ver a beleza da cidadezinha, que além de ser conhecida por vários festivais de música, parece saída de um conto de fadas, cheia de pontes antigas, cisnes e folhas do outono espalhadas pelo chão.

Image

Envolta em névoa, Lucerna parece cenário de conto de fadas.

Lucerna também tem alguns lugares interessantes para conhecer, como o Monumento do Leão, uma grande escultura idealizada por Bertel Thorvaldsen, um escultor dinamarquês, em homenagem aos guardas suíços mortos na Revolução Francesa de 1792. O leão tem um pedaço de lança atravessado em seu torso e uma expressão agonizante desconcertante que impressionou até Mark Twain: “é o mais triste e tocante pedaço de pedra do mundo.”

Image

Monumento do Leão – Lucerna

Image

Lucerna com sol

Perto da cidade também fica a montanha Pilatus (2128 m). Apesar do passeio ser caro (62 euros pelo percurso completo de ônibus e teleféricos),  vale a pena subir para admirar a vista e pegar um pouco de sol, já que Lucerna fica constantemente debaixo de neblina nessa época do ano. Os suíços, na verdade, vão sempre para lá para fugir do frio, uma espécie de praia na montanha!

Image

Montanha: a praia dos suiços

Image

Montanhas Pilatus

Depois de dois dias em Lucerna, fui feliz pegar o trem para Rheinfelden, uma cidadezinha de 10 mil habitantes, dentre eles um mais especial, minha grande amiga Jujubets Furlan. Ju e eu dividimos muita coisa, o trabalho na Kraft, a paixão pela vida, a ânsia pela mudança e a personalidade forte. Seriam dois dias corridos, mas muito intensos, afinal nós tínhamos alguns anos de papo para botar em dia.

Eu tinha começado esse texto falando de amizade, certo? E vou terminar falando dela também. Melhor ainda que visitar mil monumentos em países diferentes é atravessar meio mundo e ver que o carinho entre amigas não termina por causa da distância ou do tempo. É abrir um vinho (ok, dois), dar as mesmas risadas, o mesmo abraço apertado e poder olhar no olho daquela pessoa que realmente torce por você e se sentir em casa (mesmo na Suíça). Thank you, Jujubets.

Image

Eu e Juju tomando um vinho

 

comments2

Anúncios

Um comentário em “No frio da Suíça (Lucerna)

  1. Pingback: O que fazer em uma conexão longa no aeroporto de Zurich, Suíça | Giros Por Aí

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: